SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

A INSEGURANÇA DE TODOS OS DIAS

DIÁRIO GAÚCHO 24/07/2014 | 10h26

Homem é executado com mais de 30 tiros na Zona Leste de Porto Alegre. Adriano Rodrigues da Silva, 46 anos, foi morto a tiros por grupo de dez homens enquanto visitava os filhos na Vila Grécia, Bairro Jardim Carvalho. Ele estava foragido desde 2007


Eduardo Torres


Um homem foi executado de forma brutal, com pelo menos 30 tiros de diversos calibres _ pistolas 9mm, .380, .40 e calibre 38 _ em um casebre no alto da Rua Grécia, Bairro Jardim Carvalho, na Zona Leste de Porto Alegre, pouco depois das 23h de quarta.

Identificado como Adriano Rodrigues da Silva, 46 anos, a vítima não morava ali. Teria ido visitar os filhos e a ex-mulher quando pelo menos dez homens teriam invadido a casa e o matado a tiros.

De acordo com os investigadores da 1ª DHPP, Adriano estava foragido desde 2007, com uma condenação por estupro. Ele também tinha antecedentes por ameaça. A polícia trabalha com a hipótese de algum tipo de vingança para explicar o crime.


23/07/2014 | 12h15

Ladrões rendem vigilantes de banco e levam armas em Porto Alegre. Conforme a BM, um dos seguranças acionou o alarme de pânico no momento do crime


Quatro homens renderam os vigilantes de uma agência do Banrisul e roubaram suas armas na manhã desta quarta-feira, em Porto Alegre. O banco fica na Avenida João Pessoa, no bairro Santana.

De acordo com a Brigada Militar, um dos vigilantes acionou o alarme de pânico no momento da tentativa de roubo ao banco, e a empresa responsável pela segurança avisou os policiais militares.

Antes da chegada da BM, os criminosos fugiram em um veículo City roubado, que mais tarde foi abandonado na Rua Laurindo, no mesmo bairro. A BM faz buscas aos assaltantes.



23/07/2014 | 13h36

Linhas T3 e T4 não circulam na Capital em protesto por mais segurança. Funcionários da Carris fazem paralisação desde as 12h30min, sem previsão de retomar as atividades



Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS


Funcionários da Carris iniciaram por volta das 12h30min desta quarta-feira uma paralisação total das linhas de ônibus T3 e T4, em prol de mais segurança. Segundo a assessoria de imprensa da companhia, desde o início do ano, foram 32 assaltos, dos quais 29 foram ataques à linha T4. Ao todos, 45 carros estão parados, sem previsão de retomar as atividades.



Postar um comentário