SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sexta-feira, 4 de julho de 2014

ALUNA ASSALTADA E ESFAQUEADA NAS PROXIMIDADES DA ESCOLA

DIÁRIO GAÚCHO 03/07/2014 | 16h58

Alunos protestam em Capão Novo. Depois que uma jovem foi assaltada e esfaqueada, colegas e comunidade se uniram para pedir mais segurança



Movimento mobilizou alunos e professores da Escola Estadual de Ensino Médio Capão NovoFoto: arquivo pessoal / arquivo pessoal


Alunos da Escola Estadual de Ensino Médio Capão Novo, no Litoral Norte, realizaram um protesto na manhã desta quinta-feira em prol de segurança na região. Professores e moradores da comunidade também participaram da caminhada que iniciou em frente à escola e seguiu até a Avenida Paraguassú.


Considerada pelos alunos uma área pouco segura, onde assaltos têm sido praticados com frequência, a gota d'água foi o assalto a uma aluna, no último sábado. Tandara Menger, 16 anos, foi atacada por volta das 20h30min, quando caminhava em direção ao ponto de ônibus, nas proximidades da escola, por um homem armado com uma faca.


Diante do susto ao ser abordada pelas costas, com uma gravata, a menina reagiu e foi golpeada com duas facadas na nuca, uma no pescoço, além de outra que atingiu os lábios e o nariz. A jovem também sofreu socos e chutes antes que trabalhadores das redondezas ouvissem os gritos e corressem para socorrê-la. Diante da reação da vizinhança, o ladrão fugiu. A menina passa bem.


Na noite anterior ao episódio, o mesmo ladrão já havia atacado outra menina na mesma região, também a facadas. As duas vítimas já identificaram o bandido, que foi preso e está na Penetenciária Modulada de Osório.


O Diário Gaúcho entrou em contato com a Brigada Militar a respeito do policiamento que é feito na região e de possíveis providências a serem tomadas diante dos fatos recentes. Atré a tarde desta quinta-feira, ainda não havia obtido retorno.
Postar um comentário