SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quinta-feira, 3 de julho de 2014

DUPLA COMETE SÉRIE DE ASSALTOS EM PORTO ALEGRE


DIÁRIO GAÚCHO 03/07/2014 | 03h17

Camila Kosachenco

Polícia prende dupla suspeita de cometer série de assaltos em Porto Alegre. Dupla teria roubado pelo menos seis pedestres, além de atacar posto de combustível



Celulares, carteiras, bolsas das vítimas foram recuperados e armas dos criminosos apreendidasFoto: Carlos Macedo / Agencia RBS

Dois homens foram presos e um terceiro fugiu após cometerem uma série de assaltos em Porto Alegre na noite desta quarta-feira.

Segundo a Polícia Civil, a ação criminosa começou por volta das 21h no bairro Jardim Botânico, quando uma dupla roubou um Fox de um casal de idosos. De acordo com o delegado Leandro do Amaral Pelletti, titular da 2ª DPPA, o marido foi buscar a mulher em um atelier quando os dois homens armados anunciaram o assalto.

— Ela estava fechando o atelier. Foi o tempo de eu arrumar as crianças (os três netos do casal) e nós entrarmos no carro que veio um de cada lado — relatou o homem que não quis ser identificado.

Após pegarem o veículo, os assaltantes circularam por ruas da região. Ao longo do percurso, pararam pelo menos três vezes para assaltar pedestres.

— Eles percebem as pessoas mais vulneráveis e realizam o roubo — afirma o delegado.

Em meio à fuga, bandidos erraram o caminho

Em meio aos roubos a pedestres, um posto de combustíveis ainda foi atacado pelos assaltantes. Quando teriam iniciado a fuga pelo bairro Petrópolis, os bandidos erraram o caminho e entraram na contramão de uma rua. Uma viatura da Brigada Militar avistou o veículo e realizou a abordagem.

Neste momento, um dos assaltantes se entregou. Outros dois fugiram a pé em direção à Vila Bom Jesus, onde a polícia capturou um deles que, segundo o delegado, seria uma espécie de "segurança" usado no momento do roubo do carro.

— Ele geralmente fica escondido atrás de um poste, uma árvore, para dar cobertura. Quando é preso, diz que foi vítima de sequestro-relâmpago — explica.

Ambos estão na delegacia para que sejam reconhecidos pelas vítimas e, depois, encaminhados à prisão. O terceiro suspeito está foragido.

O carro e os pertences das vítimas foram recuperados e duas armas apreendidas.

*Colaborou Carlos Macedo

Postar um comentário