SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quarta-feira, 30 de julho de 2014

ENTRE O CRIME E A LEI



O SUL. Porto Alegre, Quarta-feira, 30 de Julho de 2014.


WANDERLEY SOARES


No Rio, as quadrilhas oficiais ainda estão fora de controle


A Polícia Civil confirmou que entre os 22 presos em operação para combater quadrilha de roubos de cargas, carros e residências em Porto Alegre está uma policial militar. Raila Graciele Ferraz Saraiva foi presa na manhã de ontem em Santana do Livramento. De acordo com o delegado, Luciano Peringer, ela é acusada de colaborar com as ações da quadrilha ao fornecer informações privilegiadas aos criminosos. O companheiro da policial, que seria um dos líderes do grupo, está foragido. Segundo o corregedor geral da Brigada Militar, coronel Jairo Martins a corporação aguarda detalhes da investigação para poder abrir inquérito. Ao todo são 31 mandados de prisão. Segundo a polícia, o grupo costumava agir com violência no roubo de cargas e de residências. Sigam-me.


Quadrilhas oficiais


Os fatos criminosos que vieram a ser descobertos nas últimas horas, tendo o envolvimento de policiais, merecem análises que deverão ir além dos simples inquéritos isolados. Organizações policiais como as do Rio, apenas para dar um exemplo, descuidaram disso e, hoje, as quadrilhas oficiais ainda estão fora de controle.


Homicídios


Um duplo homicídio no bairro Liberdade, em Novo Hamburgo, é investigado pela Polícia Civil. As duas pessoas foram assassinadas na noite de segunda-feira.


Assalto


O vigilante de uma pedreira foi morto com dois tiros durante a madrugada de ontem em Caxias do Sul. O fato ocorreu na Zona Norte da cidade. Rodolfo Irineu Amarante de Oliveira, de 41 anos, chegou a ser socorrido ao Hospital Pompéia, mas não resistiu. O seu colete balístico e a sua arma foram roubados.


Tráfico (1)


Três homens foram presos por tráfico de drogas em Porto Alegre. A Polícia Federal havia informações de que um veículo estava carregado com cocaína e iria fazer a entrega da droga na Capital gaúcha. O motorista deixou o carro no estacionamento de um hospital particular na Zona Sul e entrou em outro veículo, onde estavam dois homens. Quando os três retornavam ao carro foram abordados e presos em flagrante. A droga, um total de 20 quilos de cocaína, estava no tanque de combustível do carro que saíra de madrugada de Vacaria e passou a ser acompanhado pelos policiais até a Capital.


Tráfico (2)


A Brigada Militar apreendeu 25 quilos de maconha e prendeu dois traficantes em Canoas durante um patrulhamento de rotina no bairro Estância Velha. A droga seria vendida em dois dos maiores pontos de tráfico da cidade.


Aposentadorias e segurança


Pouco mais de um terço dos policiais civis que atuam em Porto Alegre está em idade de se aposentar. São 137, de um total de 437 escrivães, inspetores, comissários, investigadores e delegados. Soluções apressadas estão sendo providenciadas. Na Brigada Militar o quadro não é diferente.
Postar um comentário