SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sexta-feira, 11 de julho de 2014

EX-ALUNO ASSALTA ESCOLA E FAZ DIRETORA REFÉM


Homem assalta escola em Canoas e faz diretora refém. Crime ocorreu por volta de 8h30min, na Escola Municipal Rio Grande do Sul
zero hora 11/07/2014 | 13h12

Um homem assaltou a Escola Municipal de Ensino Fundamental Rio Grande do Sul, em Canoas, e levou a diretora como refém na manhã desta sexta-feira, conforme a Brigada Militar. O crime ocorreu por volta das 8h30min. Um ex-aluno, identificado como Josué da Silva Machado, 30 anos, entrou na instituição, rendeu um servente e se dirigiu à secretaria.

Ao reconhecer o ex-aluno, a diretora Márcia da Silva Pinho tentou acalmá-lo, conforme ela contou à Rádio Gaúcha:

— Ele não tinha uma fala muito exata, não estava solicitando nada especial. Num determinado momento, só queria fazer uma fuga. Disse que tinha cometido um delito e queria fazer uma fuga. E pediu a chave do meu carro.

Márcia foi feita refém e teve de dirigir seu veículo por mais de cinco quilômetros. A Brigada Militar foi avisada sobre o assalto. No entanto, quando chegou ao local, o assaltante já havia saído com a professora. O veículo foi localizado no bairro Cinco Colônias e abordado pelos brigadianos. O homem, que não estava armado, foi detido e levado para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) da cidade.

De acordo com informações da Polícia Civil, o homem disse em depoimento informal estar fugindo de amigos que o ameaçavam. Conforme os policiais, o homem estava sob o efeito de drogas.

Postar um comentário