SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

segunda-feira, 7 de julho de 2014

HOMEM INVADE HOSPITAL E TENTA MATAR PACIENTE


DIÁRIO GAÚCHO 07/07/2014 | 03h00

Homem invade hospital e tenta matar paciente em Viamão. Pelo menos dois disparos de arma de fogo foram efetuados




Pacientes e funcionários do Hospital de Caridade, no centro de Viamão, foram surpreendidos por um homem armado que invadiu o local. A ação ocorreu por volta das 19h30min de domingo e por sorte não deixou nenhum ferido.


Segundo a Brigada Militar, um homem armado teria burlado a segurança e invadido a clínica B1 da instituição. No prédio, procurou o alvo— um provável desafeto com diversos antecedentes criminais— que estava internado. Ao tentar sacar a arma do bolso, um outro paciente percebeu a ação e entrou em luta corporal com o homem.

Na confusão, pelo menos dois disparos chegaram a ser efetuados, mas atingiram o chão. O homem armado conseguiu fugir a pé em meio ao tumulto.

Buscas foram feitas na região, mas o suspeito não foi encontrado. A Polícia Civil deve analisar as imagens de câmeras de segurança para identificar o indivíduo.

Há menos de um mês, um homem foi morto com três tiros dentro do Hospital Centenário, em São Leopoldo. Dias depois um dos suspeitos do crime foi preso.

Postar um comentário