SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sexta-feira, 4 de julho de 2014

HOMICIDA E FORAGIDO DO SEMIABERTO É UM DOS SUSPEITOS DE SEQUESTRAR MULHER DE SENADOR


CORREIO DO POVO 03/07/2014 19:18

Lucas Rivas/Rádio Guaíba

Preso um dos suspeitos de sequestrar esposa do senador Pedro Simon. Homem era foragido do sistema prisional e foi capturado com uma arma de brinquedo



A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira um dos suspeitos de envolvimento no sequestro-relâmpago da esposa do senador Pedro Simon, ocorrido em 16 de junho na avenida Protásio Alves, bairro Petrópolis, em Porto Alegre.

Alvo de uma denúncia anônima, o homem de 35 anos foi preso nas imediações do Camelódromo, com uma arma de brinquedo na cintura. Ele era foragido do sistema semi-aberto. Entre as condenações, há um latrocínio (roubo seguido de morte).

A delegada Vandi Tatsch revela, ainda, que o outro assaltante envolvido crime ainda não foi identificado. Uma terceira mulher suspeita de ter acobertado o sequestro também está sendo investigada.

Na noite do dia 16, Ivete Simon ficou sob o domínio dos criminosos por mais de 30 minutos. Ela foi surpreendida por dois homens encapuzados ao chegar em casa com a filha de 10 anos, que não chegou a ser levada, em um Hyundai I30. O crime ocorreu na avenida Protásio Alves. Ivete foi liberada com o carro, e sem ferimentos. Os criminosos levaram um celular, dinheiro, cartão de crédito e uma sacola com compras de supermercado.


COMENTÁRIO DO BENGOCHEA - Como pode um autor de latrocínio ir para o semiaberto em tão pouco tempo?
Postar um comentário