SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

HOMICÍDIOS E ROUBO DE CARRO AUMENTAM NO RS



Homicídios aumentam 22% e roubo de carros 9% durante o semestre no Rio Grande do Sul

CASOS DE POLICIA, CLICRBS,01 de agosto de 20140
* Cid Martins e Eduardo Cardozo
A Secretaria de Segurança do Rio Grande do Sul (RS) publicou no site os dados estatísticos relativos ao primeiro semestre deste ano. Os homicídiosfurtos e roubos de veículos, bem como furtos e roubos em geral aumentaram em relação aos primeiros seis meses de 2013. Sobre veículos, um é furtado e roubado a cada 20 minutos no estado. Já os casos de latrocínio (matar para roubar) diminuíram.
Homicídios
Os homicídios aumentaram 22% no primeiro semestre de 2014 na comparação com o mesmo período de 2013. São 960 homicídios, contra 1169 neste ano. Apesar do aumento, o Estado saiu do décimo para o quarto menor índice entre os 26 estados e Distrito Federal.
No Brasil, a média é de 154 assassinatos por dia. As principais vítimas de homicídios são jovens do sexo masculino entre 15 e 29 anos e negros. No mês de junho de 2013, foram registrados 122 homicídios no Estado. Em 2014 esse número aumento, alcançando 168 homicídios.
Latrocínios
Os casos de latrocínio tiveram queda de 1,72%.  Nos primeiros seis meses do ano passado foram 58 casos e no mesmo período de 2014 foram 57.
Homicídios de Trânsito
Foram 9 caos no primeiro semestre de 2013 e 11 nos seis primeiros meses deste ano. Aumento de 22%.
Furtos e Roubos de Veículos
O RS registrou um aumento de 9% neste tipo de crime no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período de 2013. Foram 15.903 casos contra 14.552. O estado registra média de um roubo e furto de veículos a cada 20 minutos. As cidades que mais registraram este tipo de ocorrência de janeiro a junho foram Porto Alegre, Novo Hamburgo e Caxias do Sul. Logo depois aparecem Gravataí, São Leopoldo e Pelotas. Os furtos têm mais registros do que roubos, com exceção em Porto Alegre, onde as quadrilhas optam por roubar.
Na capital, assim como em todo o estado, este tipo de crime também teve aumento nos primeiros seis meses de 2014. Aumento de 1,44%. Foram registrados 3.218 roubos de veículos no semestre e 2.038 furtos, total de 5.256. No primeiro semestre do ano passado, Porto Alegre teve 5.181 furtos e roubos de veículos.
Furtos e Roubos em geral
Houve um aumento de 3%. No primeiro semestre deste ano foram registrados no RS111.728 casos contra 108.236.
Postar um comentário