SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

JOVEM DE 22 ANOS É EXECUTADO A TIROS

DIÁRIO GAÚCHO 13/08/2014 | 18h59

Polícia investiga morte de jovem próximo à Ponte dos Açorianos na madrugada desta quarta. O estudante Gabriel Ferreira, 22 anos, foi morto a tiros



Um jovem de 22 anos foi morto no começo da madrugada desta quarta-feira em Porto Alegre. O crime ocorreu por volta da 1h, junto à Ponte dos Açorianos.

Segundo a polícia, Gabriel Ferreira levou pelo menos três tiros de revólver. Os três suspeitos, uma mulher e dois homens, fugiram em um carro em direção ao Centro.

— Ainda não sabemos o que motivou o crime. Um colaborador disse que viu a vítima discutindo com a mulher um pouco antes, mas estamos aguardando as imagens das câmeras de segurança dos prédios e do Centro Integrado de Comando (CEIC) para avançar nas investigações — disse o delegado Filipe Bringhenti, da 2ª Delegacia de Homicídios.

Conforme a irmã de Gabriel, o irmão, estudante do Ensino Médio, era alegre, adorava festas e não tinha inimigos. Ele morava com a mulher e o filho de dois anos no bairro Partenon.

— Nunca ouvi dizer que ele ficou de mal ou brigou com alguém. Mas depois que tudo isso passar vamos tentar saber o que aconteceu — disse Mônica Ferreira.

O crime mexeu com as cerca de cem pessoas que se reuniam do outro lado da Ponte dos Açorianos, em frente a um bar. Em postagens no Facebook, frequentadores disseram que, após os disparos, a maioria deixou o local. Alguns tentaram falar com o jovem alvejado e entrar em contato com o Samu. Quando a ajuda chegou, porém, Gabriel já não estaria respirando.
Postar um comentário