SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

PISTOLAS DE GUERRA


Denarc prende suspeitos de tráfico de armas de uso restrito das Forças Armadas. Pistolas eram trazidas da fronteira com o Uruguai e destinadas à Região Metropolitana e a SC

ZERO HORA 27/08/2014 | 02h01


Quatro pistolas foram apreendidas na operaçãoFoto: Polícia Civil / Divulgação


Dois homens foram presos na noite desta terça-feira por tráfico de armas em uma operação da 3ª e 4ª delegacias de Investigações do Narcotráfico (DIN), do Denarc. Os homens seriam responsáveis por abastecer de armamento a região metropolitana de Porto Alegre, incluindo Alvorada, Gravataí e Cachoeirinha, entre outras cidades, e também Florianópolis, em Santa Catarina.

Os suspeitos foram presos na ponte do Guaíba, no limite entre Eldorado do Sul e Porto Alegre. Eles estavam em um Corsa e em um Tiida. Conforme o delegado Rafael Pereira, as armas estavam no Corsa. Nos últimos três meses, o carro teria cruzado a fronteira por pelo menos 18 vezes, segundo o delegado.

As armas apreendidas foram quatro pistolas, sendo três Glock (duas 9mm. e uma 380) e uma Cherokee 9 mm de origem israelense. As armas são de uso restrito e não podem ser adquiridas nem com porte de arma, conforme o delegado, sendo permitidas apenas para uso das Forças Armadas. Foram apreendidos ainda 11 carregadores com capacidade, alguns com capacidade para 30 tiros.

— Em cada ida para a fronteira eles traziam, em média, cinco armas. Monitoramos que eles cruzavam a fronteira de três em três dias. Cada ida não durava menos de 24 horas — explica o delegado.
Postar um comentário