SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

MULHER DEFENDE O MARIDO BALEIANDO O ADOLESCENTE ASSALTANTE



Mulher atinge adolescente com tiro na cabeça após assalto na zona norte de Porto Alegre. Jovem de 17 anos foi encaminhado ao Hospital Cristo Redentor

ZERO HORA 03/09/2014 | 04h36


Arma calibre 22 foi usada para praticar o assaltoFoto: Camila Hermes / Especial


Uma mulher de 42 anos atingiu um adolescente de 17 anos com um tiro na cabeça após um assalto na zona norte de Porto Alegre na noite desta terça-feira. O jovem foi encaminhado ao Hospital Cristo Redentor, onde permanecia internado até as 4h desta quarta-feira. A mulher foi ouvida no Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (Deca) durante a madrugada e liberada.

Conforme a delegada Clarissa Rodrigues, a mulher agiu em legítima defesa e atingiu o adolescente com um tiro na cabeça com uma arma calibre 22 que foi usada para praticar os dois assaltos às residências no Parque Santa Fé, no bairro Rubem Berta. O adolescente foi atingido após entrar em luta corporal com o marido da mulher.

O jovem chegou até o pátio da casa do casal, na Rua Raymundo Luiz Marinho Filho, após ter entrado com outro rapaz em uma residência vizinha, na Rua Santo Expedito. Na primeira residência, a dupla ameaçou um comerciante de 31 anos, a mulher dele e os filhos de quatro e 12 anos por pelo menos 15 minutos.

— Eles estavam armados e ficavam o tempo todo dizendo que já tinham sido presos e que nós tínhamos que dar dinheiro para eles — conta o comerciante.


Flagrados pela segurança particular da rua, os dois fugiram e acabaram entrando no pátio da casa da mulher que baleou o adolescente. O outro conseguiu fugir.

Com a chegada da Brigada Militar e do Samu, o adolescente foi encaminhado ao hospital. Com ele, foi recuperada chave de um carro roubada na primeira casa invadida. A chave da segunda residência, também roubada, não foi recuperada.

Segundo a delegada Clarissa, foi registrada uma ocorrência de ato infracional por roubo às residências no Deca. Agora a investigação seguirá na 2ª Delegacia de Polícia para o Adolescente Infrator — pela suspeita da participação no roubo de um segundo adolescente — e na 3ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa.

No dia 30 de agosto, uma idosa de 77 anos matou um assaltante em São Lourenço do Sul. Ele foi atingido com dois tiros quando tentava assaltar a padaria da mulher, no bairro Navegantes.
Postar um comentário