SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

TIROTEIO CAUSA PÂNICO EM BAIRRO DE PORTO ALEGRE

CORREIO DO POVO 26/09/2014 12:57


Tiroteio causa pânico no bairro Bom Fim, em Porto Alegre. Criminosos balearam vigilante em tentativa de assalto a carro-forte




Criminosos balearam vigilante em tentativa de roubar malotes dentro de mercado
Crédito: André Ávila


O tiroteio que ocorreu na manhã desta sexta-feira no estacionamento do Zaffari causou pânico entre os frequentadores do supermercado e moradores do bairro Bom Fim, em Porto Alegre. Uma psicopedagoga de 30 anos, moradora da região, contou que estava em casa, com a família, quando ouviu barulho de tiro. "Parecia metralhadora", relatou. "Quando eu desci, eles já estavam retirando uma funcionário da Prosegur com a perna estancada", acrescentou.

O titular da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), delegado Joel Wagner, confirmou, em coletiva, que foram dezenas de disparos. Wagner informou que quatro criminosos - armados com duas pistolas, dois fuzis e usando máscaras cirúrgicas - ingressaram no primeiro piso do estacionamento e atiraram contra três vigilantes da empresa Prosegur que transportavam malotes para abastecer quatro terminais bancários que ficam no segundo andar do prédio.

"Três vigilantes desceram, o motorista permaneceu no caminhão (carro-forte) e, quando eles ingressaram no estacionamento e ficaram de frente para a porta que dá acesso aos caixas eletrônicos, já foram recebidos a tiros", relatou o delegado. "Os vigilantes revidaram e inclusive recarregaram as armas", contou Wagner. "Como os bandidos viram que a situação estava fora de controle, decidiram abortar a missão", completou o delegado.

Joel Wagner informou que a polícia vai analisar imagens de câmeras de segurança do local e do entorno para tentar precisar quantas pessoas participaram efetivamente da ação e identificar os criminosos. A polícia também vai checar em hospitais se ocorreu a entrada de algum homem baleado, já que o tiroteio foi intenso e os criminosos podem ter se ferido.

Segundo a Polícia Civil, a troca de tiros ocorreu a uma distância de cerca de dez metros. Um vigilante foi atingido no joelho e no pé. Embora a informação inicial, da Brigada Militar, fosse de que a tentativa de assalto era a uma lotérica, localizada no segundo andar, o delegado afirmou que o objetivo do grupo era roubar o carro-forte.

Um assaltante ficou esperando num Focus, de cor prata, que foi roubado em Canoas este mês. O grupo - que fugiu pela contramão da rua Fernandes Vieira - abandonou o veículo na rua Tomaz Flores. Os criminosos teriam trocado o Focus por um Space Fox preto.
Postar um comentário