SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

terça-feira, 14 de outubro de 2014

BANCO É ATACADO EM BARRA DO RIBEIRO NO RS

Moradores ouviram barulho de explosões e polícia confirma troca de tiros

ZERO HORA  14/10/2014 | 06h56




Agência destruída fica Rua Maurício Cardoso Foto: Carlos Macedo / Agência RBS Uma agência do Banrisul foi atacada na madrugada desta terça-feira em Barra do Ribeiro. Moradores acordaram com barulho de explosões. Ainda não há a informação de quantos bandidos atacaram a agência da Rua Maurício Cardoso. O banco ficou destruído.

Conforme a Brigada Militar, os ladrões estavam em pelo menos dois carros — um Voyage branco e um Citroën preto. Pelo menos cinco bandidos estavam no Citroën, conforme um vigilante de 39 anos que estava na rua no momento. O ataque ocorreu pouco antes das 4h.

— Eles passaram na avenida do meu lado. Acompanhei eles até um pedaço, mas não conseguimos alcançar — relatou o vigia.


Os moradores relataram ter ouvido pelo menos duas explosões, seguida da troca de tiros com a polícia.

— Teve dois estouros muito grandes e após uma rajada de balas. Parecia de calibre 12. Moro a três quadras do banco e o barulho foi muito alto — contou o motorista Alexandre Pires.

Os bandidos espalharam miguelitos por todas as saídas próximas ao banco para dificultar a aproximação da polícia e facilitar na hora da fuga.


A polícia faz buscas na região. Uma equipe da Delegacia de Roubos se desloca até a cidade para a investigação do crime.



Postar um comentário