SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sábado, 18 de outubro de 2014

BANDIDO SE FINGIA DE NAMORADO DAS VÍTIMAS

DIÁRIO GAÚCHO 17/10/2014 | 12h22

Eduardo Torres

Preso assaltante que fingia ser namorado das vítimas em Canoas. Homem de 29 anos roubou pelo menos cinco meninas nos últimos 10 dias na área central de Canoas. Ele as obrigava a sacar dinheiro em shopping da cidade.



Bandido se fazia passar por namorado das vítimas Foto: Divulgação / Polícia Civil



Uma ação da 1ª DP de Canoas prendeu, na manhã desta sexta, um homem de 29 anos suspeito de assaltar pelo menos cinco meninas _ todas adolescentes _ nos últimos 10 dias na região central da cidade.

Utilizando imagens das câmeras de monitoramento do Centro Comercial de Canoas, a polícia conseguiu identifica-lo. Ele foi encontrado em casa, no Bairro Mathias Velho, durante a manhã.

De acordo com o delegado Rodrigo Zucco, o bandido abordava as meninas entre os horários de entrada e saída das escolas à tarde. Armado, obrigava as vítimas a caminharem de mãos dadas com ele, como se fossem namorados. Era a forma de chegar aos caixas eletrônicos sem levantar suspeitas.

O suspeito foi preso temporariamente. A polícia aguarda os reconhecimentos das vítimas na delegacia.
Postar um comentário