SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

CERCO À PEDOFILIA

CORREIO DO POVO 15/10/2014

PF prende seis no RS em operação contra pedofilia. Cerca de 45 pessoas foram detidas em todo o Brasil




Cerca de 38 pessoas foram detidas em todo o Brasil | Foto: Polícia Federal / Divulgação / CP


Correio do Povo


A Polícia Federal já confirmou 45 prisões em todo o Brasil na operação Darknet, sendo seis delas no Rio Grande do Sul. Os suspeitos foram pego em flagrante em Viamão, Gravataí, Cachoeirinha, Canoas e Sapucaia do Sul. Esta operação tem como objetivo confirmar a identidade dos suspeitos e buscar elementos que comprovem os crimes de armazenamento e divulgação de imagens e abuso sexual de crianças e adolescentes.

O rastreio desses indivíduos se deu no ambiente conhecido como Deep Web em operações de combate à pornografia infantil. A rede é considerada um meio seguro para que usuários da internet divulguem anonimamente conteúdos variados. A arquitetura desse ambiente impossibilita a identificação do ponto de acesso (IP), ocultando o real usuário que acessa a rede. Através de metodologia de investigação inédita e ferramentas desenvolvidas, os policias federais conseguiram quebrar esse paradigma e identificar, na Operação Darknet, mais de 90 usuários que compartilham pornografia infantil. Até o momento, somente as polícias dos Estados Unidos e da Inglaterra realizaram investigações de crimes praticados através da Deep Web.

A Operação Darknet foi deflagrada simultaneamente por 44 unidades da Polícia Federal nos estados do Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal. As informações obtidas durante as investigações que envolvem suspeitos de outros países foram repassadas para autoridades de Portugal, Itália, Colômbia, México, Venezuela.

Deep Web

A Deep Web, ou "Internet invisível", é onde está todo o conteúdo não indexado pelos motores de busca padrão. A parte visível da Web seria apenas 30% de toda a Web. A imagem de um iceberg é usada para demonstrar essa proporção. Na Deep Web pode-se navegar no anonimato completo, bastando apenas conhecer os meios de acesso. O espaço torna-se atrativo para criminosos, pedófilos, terroristas, traficantes e assassinos, que ficam uma zona conhecida como Dark Net.

Em todo o mundo, as autoridades policiais buscam identificar, monitorar e acabar com os criminosos que se escondem neste lado obscuro e sombrio da Internet. O FBI e a Interpol têm se dedicado à tarefa. No Brasil, a situação não é diferente. A Polícia Federal (PF) lidera as investigações cibernéticas.
Postar um comentário