SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

terça-feira, 14 de outubro de 2014

MORTE EM ASSALTO A ÔNIBUS ACABA COM A ALEGRIA E SONHOS DE JOVEM ESTUDANTE

ZH 14/10/2014 | 09h31


Bruna Scirea


Morto em assalto a ônibus estudava Engenharia e planejava intercâmbio. Luciano Rodrigues, 27 anos, era conhecido entre os amigos e familiares pelo apelido "Humilde"



Luciano Rodrigues viajaria para a Nova Zelândia no fim do ano para aprimorar o inglês Foto: Arquivo Pessoal / Facebook



Luciano dos Santos Rodrigues, 27 anos, o jovem que morreu na noite desta segunda-feira em uma tentativa de assalto na BR-290, na saída de Porto Alegre, era conhecido entre os amigos e familiares pelo apelido "Humilde". Essa era a característica que definia o estudante de Engenharia Mecânica, segundo um de seus melhores amigos:

— Ele era muito inteligente e esforçado. Uma pessoa simples e batalhadora que buscava a realização de seus sonhos. Ele se formaria em dois anos. Ingressou na universidade pelo Prouni e estava feliz com a escolha feita. Era um projeto de vida — afirma o técnico em operações, Matheus Correia, 29 anos, amigo de Luciano há uma década.

O universitário havia se liberado das aulas na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) mais cedo na noite desta segunda — o deslocamento de ônibus até Guaíba, geralmente se iniciava depois das 22h. Por volta das 21h40min, quando o coletivo da linha Porto Alegre - Guaíba deixava a Capital, dois homens anunciaram o assalto. Conforme a família da vítima, no Boletim de Ocorrência consta que nenhum passageiro do ônibus reagiu. Um dos criminosos, no entanto, teria se assustado e, antes de deixar o veículo, efetuado o disparo — a bala se alojou na cabeça do jovem.


Cunhada de Luciano, a advogada Lauren Azevedo conta que, após o assalto, o próprio motorista do coletivo conduziu Luciano até a Policlínica Central de Eldorado do Sul. A vítima teria sido socorrida pelas equipes de emergência do hospital ainda com vida.

— A secretária de Saúde de Eldorado, uma pessoa extremamente gentil, nos ligou avisando do assalto e dizendo que ele estava mal no hospital. Chegamos lá, e ela foi nos contando aos poucos. Os pais dele são hipertensos. Ela disse que ele, enquanto era levado para o atendimento, comentou que seu braço estava caindo da maca. E então ficou insconsciente — afirma Lauren.


Luciano morava com os pais, o engenheiro mecânico Reinaldo e a técnica em enfermagem aposentada Fátima Claudete Rodrigues. O jovem tinha um irmão, o educador físico Juliano Rodrigues (noivo de Lauren), uma namorada e planos de viagem: no fim deste ano, ele voaria para a Nova Zelândia, onde ficaria por três meses para aprimorar o inglês.

Dos anos compartilhados com o amigo, Matheus dá destaque ao tempo em que formavam uma banda de reggae — Luciano fazia o vocal e a guitarra. Após anos sem subir no mesmo palco, os músicos voltaram a se reunir no mês passado para tocar em uma festa no Sport Clube Itapuí, em Guaíba, dobrando-se à insistência dos amigos. Para enfrentar a difícil perda do companheiro, Matheus se apoia nesta recordação:

— Foi mágico, um momento incrível. Essa certamente será uma das principais lembranças que levarei de Luciano.
Postar um comentário