SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

NOVO HAMBURGO PROTESTA CONTRA A VIOLÊNCIA

DIÁRIO GAÚCHO 21/10/2014 | 22h54

Passeata em Novo Hamburgo chama atenção para violência. Em 2014, 68 pessoas foram mortas na cidade



Foto: Aline Capra / Divulgação


Moradores de Novo Hamburgo realizaram uma passeata no início da noite desta terça-feira para chamar atenção para a violência na cidade da Região Metropolitana.

O movimento, chamado #PAZNovoHamburgo, busca cobrar dos administradores públicos uma solução para o número de homicídios na cidade — 68 desde o início do ano.

De acordo com a Guarda Municipal, 800 pessoas participaram da caminhada.


De acordo com a empresária Aline Capra, que faz parte dos organizadores do movimento, entre as 19h30min e 21h, o grupo caminhou com camisetas brancas pelas ruas de Novo Hamburgo e depositaram 68 cruzes de madeira — uma para cada vítima — na rótula do monumento ao Sapateiro, no centro da cidade. O movimento pede melhorias no presídio da região:

— Grande parte dos crimes ocorre por fugas no semi-aberto — diz Aline.

Entre as conquistas, do movimento a empresária cita a poda das árvores do entorno do presídio, aumento da iluminação e câmeras de monitoramento no presídio conectadas à Brigada Militar e à Guarda Municipal. No plano nacional, o movimento criou um abaixo-assinado pela extinção dos regime aberto e semi-aberto.

O #PAZNovoHamburgo é composto por 37 entidades da cidade, como a CDL, o Sindilojas, a Liga Feminina de Combate, Universidade Feevale, entre outros.
Postar um comentário