SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

JOVEM DE 19 ANOS É MORTO A FACADAS POR AMIGO DE INFÂNCIA



ZERO HORA 17/11/2014 | 22h35

Jovem de 19 anos é morto a facada por amigo de infância em condomínio da Zona Norte. Segundo a Brigada Militar, os dois vinham se desentendendo em redes sociais e acabaram em luta corporal na noite desta segunda-feira



Uma discussão entre dois amigos de infância, que já vinha sendo alimentada há dias com desentendimentos em redes sociais e pelo WhatsApp, acabou em morte na zona norte de Porto Alegre na noite desta segunda-feira. Segundo a Brigada Militar, durante a briga, que envolveu luta corporal, um jovem de 19 anos acabou atingido com uma faca no peito e morreu pouco depois.

O suspeito, que foi detido em flagrante pela BM quando fugia para sua casa, tem 18 anos. Ele que relatou aos policias que vinha se desentendo com o amigo, que também era seu vizinho. O nome dele e o da vítima não foram divulgados.


De acordo com o soldado Hemerson Bandeira, a briga ocorreu por volta das 20h20min no condomínio onde a vítima morava, próximo da Arena do Grêmio, no bairro Humaitá. O Samu foi acionado e tentou reanimar o jovem, mas ele acabou morrendo no local.

— Foi muito comovente ver a mãe, o pai e outros familiares em volta dele, enquanto os médicos tentavam reanimá-lo. Ele tinha 19 anos, ainda era uma criança, e isso sempre nos comove, mesmo lidando com a morte todos os dias — conta o soldado.


A investigação deve ficar a cargo da 2ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Postar um comentário