SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

PORTO ALEGRE TEM TRÊS HOMICÍDIOS EM MENOS DE QUATRO HORAS



DIÁRIO GAÚCHO 25/11/2014 | 09h26


No início desta manhã, corpo de uma quarta vítima foi encontrado no centro de Porto Alegre. Ainda não identificado, o homem teria sido esfaqueado



A noite da segunda-feira em Porto Alegre foi marcada pela violência. Em menos de quatro horas, três pessoas foram assassinadas. E, no início da manhã desta terça, a Brigada Militar registrou mais um homicídio na Capital.

O primeiro crime ocorreu por volta das 20h, na Rua Comendador Azevedo, Floresta. Mario Antônio Gomes Lopes, 57 anos, foi morto a facadas. Ele teria se envolvido em uma briga com Cláudio Henrique Barcelos, 50 anos. Conforme informações da Brigada Militar, os dois estariam embriagados. Barcelos foi preso e encaminhado para a DHPP.

Às 22h30min, outra morte violenta foi registrada no bairro Cascata, próximo à Avenida Engenheiro Ludolfo Bohel e a Estrada dos Alpes. Um criminoso, ainda não identificado pela polícia, supostamente motivado pela guerra do tráfico região, disparou contra Éder da Silva Fonseca — que tinha antecedentes por ameaça, receptação, lesão corporal, roubo e homicídio.


Uma hora depois, por volta das 23h35min, ocorreu o terceiro homicídio, no bairro Serraria, Zona Sul. Dois homens encapuzados invadiram uma casa na Rua José da Rocha Espíndola, espancaram uma criança e retiraram a mãe, Taís Santos da Silva, 25 anos, ex-mulher do traficante Neco (que está preso, e a levaram até um mirante, na Rua F — onde ela foi encontrada, morta a tiros.

Nesta manhã, por volta das 7h, um homem foi encontrado morto na Rua José Montaury, no Centro de Porto Alegre. Até as 9h, a polícia ainda não tinha a identificação da vítima. Informações iniciais dão conta de que ele teria sido esfaqueado.

* Zero Hora
Postar um comentário