SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

PRESÍDIO CENTRAL PERMANECE DE PÉ

Porto Alegre, Domingo, 16 de Novembro de 2014.


WANDERLEY SOARES



Dadas as primeiras marretadas, a demolição parou devido aos encanamentos. Mas tudo estava previsto


A demolição do Presídio Central está parada há duas semanas. Os trabalhos foram iniciados no dia 14 de outubro último num ato político que antecedeu o segundo turno das eleições. Na ocasião, o secretário da segurança, Airton Michels, deu a primeira marretada. Agora, trabalhadores da empresa contratada realizam apenas retiradas de caliças. A demolição começou pelo Pavilhão C. Parte da estrutura foi derrubada, no entanto, o restante não pode ser mexido porque há ligações de redes de esgoto e água que são vinculadas ao Pavilhão D, que ainda está ocupado por apenados. Alexandre Micol, da Engenharia Prisional da Susepe, garante que essa parada também faz parte do cronograma, ou seja, foi friamente calculada. A promessa primeira do governo do Estado foi a de desativar aquela casa prisional e depois a de deixá-la, até o final deste ano, com 1,5 mil apenados. Atualmente, lá habitam 4 mil almas penadas


Assalto


Quatro homens armados atacaram, ontem, o McDonald's da avenida Eduardo Prado, na Zona Sul de Porto Alegre. Seis funcionários foram rendidos e trancados na câmara fria do estabelecimento, onde permaneceram por uma hora, conforme relatou o sargento da Brigada Militar, Paulo Ricardo de Lima. Os assaltantes usaram um maçarico para abrir o cofre e lavaram 15 mil reais. Menos mal que ninguém ficou ferido, mas o trauma de quem sofre um assalto é definitivo


Serrinhas


Dois apenados escaparam, durante a madrugada de ontem, do Presídio Regional de Passo Fundo. Eles usaram o velho truque de serrar as grades de suas celas. Estas serrinhas, como se sabe, cortam ferros silenciosamente e, por isso, a fuga somente foi notada pela manhã, por ocasião da contagem dos presos para o desjejum. A polícia acredita que Juliano dos Santos Martins e Jorge da Silva de Borba, os fugitivos, tenham tomado o rumo de Soledade, cidade onde nasceram e amaram desde guris. A dupla tem vasta ficha criminal que vai do roubo ao homicídio

Postar um comentário