SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

CELULARES PARA APENADOS



Porto Alegre, Sexta-feira, 05 de Dezembro de 2014.




Presídio Central é herança certa para o governo Sartori


A desativação - ou não - do Presídio Central, anunciada tanto pelo governo Yeda Crusius quanto pela gestão de Tarso Genro, será uma das heranças do governador eleito José Ivo Sartori na área da Segurança Pública. Isto ficou claro em entrevista dada para a mídia pelo secretário da Segurança Pública Airton Michels no dia de ontem. O atual governo pretende que aquela masmorra termine este ano ocupada por 2,5 mil apenados. Segundo Michels, quando Tarso assumiu, a população do Central era de 5 mil pessoas. Na mesma entrevista, ao falar sobre a questão do ingresso de celulares nas casas prisionais, que contribuem para isso: as visitas semanais e a cumplicidade de alguns agentes penitenciários. Aqui da minha torre, entendo que a permanente tentativa de visitantes introduzirem não só celulares, mas também drogas nos presídios é uma obviedade. No entanto, quando o titular da pasta da Segurança levanta suspeição sobre a idoneidade de agentes penitenciários o tema passa a ter uma gravidade bem maior, pois é o comandante desconfiando de sua tropa. Nisto reside um outro enigma a ser desvendado pelo governo Sartori


Banco


Criminosos arrombaram caixa eletrônico da agência do Banco do Brasil no Centro de Ijuí, na manhã de ontem. Três homens entraram na agência e usaram maçarico para abrir a máquina. A ação foi gravada pelas câmeras de segurança da agência.


Lotérica


Pelo menos três bandidos assaltaram, ontem, uma lotérica em Paverama, no Vale Taquari, e na fuga levaram uma mulher como refém, liberada pouco depois. Houve troca de tiros com a Brigada Militar. O grupo fugiu por uma estrada secundária que liga Paverama a Brochier, no Vale do Caí.


Seguranças


Terminou com 16 presos uma operação da Polícia Civil para desarticular uma quadrilha de roubos de carros na Região Metropolitana de Porto Alegre. Os dois principais alvos da quadrilha trabalhavam como seguranças em uma das maiores transportadoras do Estado e ainda não foram localizados. Eles atuavam no roubo e na compra e venda de carros e motocicletas, além da clonagem de veículos.


Agradecimento


Os coronéis que integram o Conselho Superior da Brigada Militar foram recebidos pelo governador Tarso Genro em almoço realizado ontem no Galpão Crioulo do Palácio Piratini. Na ocasião, Tarso assinou a autorização para a realização de processo seletivo para capitães e agradeceu aos oficiais pelo comprometimento com a sua gestão ao longo dos últimos quatro anos. O imbróglio dos oficiais superiores que, por decisão judicial, deveriam ser despromovidos não entrou na pauta do ato festivo.
Postar um comentário