SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

FORAGIDO REGISTRA TORTURA



DIÁRIO GAÚCHO 17/12/2014 | 22h07


Foragido registra em vídeo tortura de mestre de obras desaparecida. Mulher assassinada em Cruz Alta teria um relacionamento com a vítima de tortura

Marilice Daronco



A Polícia Civil, a Brigada Militar e o Corpo de Bombeiros, estão realizando buscas, com o apoio de cães farejadores, para encontrar um mestre de obras de 57 anos que foi sequestrado na última segunda-feira em Ijuí. Ele foi levado de uma obra onde trabalhava por quatro homens armados. Antes disso, três colegas de trabalho da vítima foram amarrados e rendidos pelos bandidos. Um deles, que teria sido confundido com o mestre de obras, chegou a ser agredido a coronhadas. A vítima foi levada para um local em Cruz Alta, onde foi torturado. As agressões foram registradas em um vídeo que foi localizado em uma chácara em Cruz Alta.

— Na quarta-feira da semana passada, uma mulher foi morta em Cruz Alta. Ela é ex-companheira de um foragido que é o suspeito de, além de tê-la matado, ter planejado a tortura do mestre de obras. No vídeo que encontramos, aparece a mulher, algemada, sendo interrogada sobre o seu relacionamento com o mestre de obras. Depois, há cenas de dois homens, um deles o foragido, dando chutes e pontapés no homem, que foi acorrentado seminu a uma árvore — afirma o delegado Maurício Posselt, da 1ª Delegacia de Polícia Civil, que está coordenando as investigações.

Dois homens foram presos temporariamente com suspeita de participação no caso. O foragido e outro homem estão sendo procurados. Há mandados de prisão temporária contra eles. Os nomes não foram divulgados pela Polícia Civil. Outro suspeito, que teria feito a gravação do vídeo, ainda não foi identificado.

_ Até mesmo para nós, que somos acostumados com a área policial, que somos cascudos, como se diz, o vídeo impressionou. A vítima é um senhor de idade, que aparece totalmente submisso aqueles dois homens que o torturam _ diz o delegado.

Existia a suspeita de que o mestre de obras tivesse sido morto e o corpo jogado de uma ponte no Salto do Jacuí, mas foram feitas buscas no local e nada foi encontrado.

O corpo da mulher, Claudia Cristina de Jesus, 43 anos, foi encontrado na casa onde ela morava, com marcas de violência, no último dia 10.
Postar um comentário