SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

HOMEM MORRE SEM SOCORRO AO FICAR PRESO EM ÔNIBUS DURANTE PROTESTO

ZERO HORA 24/12/2014 | 13h17

Ataque de asma. Homem morre após ficar preso em ônibus durante protesto. Jairo de Oliveira Machado ficou quase seis horas em congestionamento nas ilhas do Guaíba



Foto: Marcelo Oliveira / Agencia RBS

A Delegacia de Polícia de Eldorado do Sul instaurou inquérito nesta quarta-feira para apurar a morte de um homem que ficou por quase seis hores trancado em congestionamento na BR-290, na última segunda-feira. A rodovia estava bloqueada na região das ilhas do Guaíba em função de um protesto contra a falta de luz.

Jairo de Oliveira Machado, 46 anos, natural de Santa Maria, morreu por volta da 1h de terça-feira. De acordo com o registro da ocorrência, ele teve um ataque de asma e não resistiu após ficar quase seis horas esperando por atendimento.

O coletivo não tinha como sair da pista devido ao grande engarrafamento e ambulâncias não conseguiam chegar ao local tanto pela quantidade de carros quanto pelos acessos por pontes entre as ilhas.


O delegado de Eldorado do Sul, Alencar Carraro, explica que instaurar um inquérito é um procedimento padrão e todos os fatos precisam ser investigados. No entanto, ele destaca que é difícil responsabilizar alguém nestes casos. Mesmo assim, vai tentar buscar provas e ouvir testemunhas para tentar apurar a responsabilidade sobre o caso.

— Como instaurei hoje o inquérito e amanhã é Natal, já quero chamar as pessoas para depor na sexta-feira — destaca Carraro.


COMENTÁRIO DO BENGOCHEA - Por isto é que o Brasil é o país da impunidade. Como pode organizarem um protesto bloqueando acessos de uma das maiores capitais do Brasil, causando congestionamento e impedindo um socorro de emergência para um senhor com problemas de saúde que morreu no local. Alguém deveria ser responsabilizado, pois os organizadores assumiram o risco de produzir danos e até mortes, para mostrar que o crime não compensa.
Postar um comentário