SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

A POLÍTICA DE ESTADO NA SEGURANÇA PÚBLICA




O SUL Porto Alegre, Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2015.



WANDERLEY SOARES


Em um jantar dos delegados ninguém falou sobre momentos vividos no Brique da Redenção


Nos bastidores da Polícia Civil repercutem, com força, nos debates políticos e administrativos da instituição, as faíscas do jantar da Asdep (Associação dos Delegados de Polícia do RS) oferecido, terça-feira última, ao titular da pasta da Segurança Pública, Wantuir Jacini, delegado da Polícia Federal aposentado, gaúcho recém-chegado do Mato Grosso do Sul e que esteve ausente dos pampas por cerca de 30 anos. A força da entidade e a liderança real de seu presidente, Wilson Muller Rodrigues, ficaram plasmadas com a presença de 180 delegados, entre eles os ex-chefes da Polícia Civil Antonio Soares de Moura, João Paulo Martins, Newton Muller Rodrigues e Pedro Rodrigues (ordem alfabética). De mesa em mesa, Jacini cumprimentou cada delegado e não conteve a sua surpresa com a presença em massa das charmosas mulheres delegadas que se preparam para ser maioria na polícia do Rio Grande do Sul. Sobre o épico momento, sigam-me


Permanência


Independente do que possa acontecer no andar da carreta, a permanência do delegado Guilherme Yates Wondracek na chefia da Polícia Civil, ele que serviu ao governo do PT, foi apontada pelo presidente da Asdep, delegado Muller, como um sintoma agudo de que Jacini busca seguir, sob a ideologia do governador José Ivo Sartori (PMDB), uma linha de Estado e não de governo em sua estratégia na pasta da Segurança. A idéia central é a de que a escolha de Wondracek tratou não de um continuísmo político-partidário, mas puramente de manter uma rota profissional nas colunas da polícia judiciária


Adegas


Aqui da minha torre, como um humilde marquês, tenho acompanhado a todos estes discursos e aparado as faíscas que deles escapam. E, sem dúvida, a proposta inicial de uma política de segurança pública de Estado e não de governo - na Brigada Militar a cúpula é, praticamente, a mesma montada por Tarso Genro (PT) -, parece estar sendo, surpreendentemente, assimilada até mesmo pelos parlamentares do PMDB na Assembleia gaúcha. Nas bases, no entanto, policiais que, no período eleitoral, bandeiraram no Brique da Redenção por Sartori estão inconformados com os litros de espumantes que adquiriram e foram levados a conservar em suas adegas "ex nunc"


Execução


Um amigo do soldado da Brigada Militar Anderson Valdir Gomes foi morto a tiros, na madrugada de ontem, em Alvorada. O crime aconteceu em frente à residência do policial, na rua Santo Onofre, bairro Americana. Quatro homens praticaram o atentado. Vanderlon Trettin da Gama, 32 anos, o amigo, foi atingido por, pelo menos, 20 tiros, mas os bandidos queriam mesmo era a execução do soldado. Ninguém foi preso


Mulher


Quatro pessoas foram presas na manhã de ontem nos bairros Primavera e Hípica, em Esteio, na Região Metropolitana. Na fala da delegada Carolina Funchal Terres, o grupo ameaçava parentes e moradores que eram contrários as ações criminosas e chegou a expulsar algumas pessoas de casa. Entre os presos está uma mulher identificada como Luana Souza Barbosa, que é acusada de liderar a quadrilha.
Postar um comentário