SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

FERIADÃO DE CARNAVAL COM QUATRO ASSASSINATOS NO RS

DIÁRIO GAÚCHO 18/02/2015 | 07h01


Feriadão violento. Quatro assassinatos no fim do Carnaval.
Em Tramandaí, Leonardo Freitas, 19 anos, foi atingido por um disparo durante festejos na Avenida Beira-Mar. Foram outros dois casos na Capital e um em Canoas.


Foto: Divulgação / Polícia Civil

TRAMANDAÍ

Em Tramandaí, Leonardo Freitas, 19 anos, foi atingido por um disparo durante festejos na Avenida Beira-Mar. Foram outros dois casos na Capital e um em Canoas.

Uma multidão curtia o Carnaval de rua na Avenida Beira-Mar de Tramandaí, por volta das 2h30min de ontem, quando tiros foram ouvidos e uma confusão generalizada tomou conta da região. Em meio à correria, o jovem Leonardo Ruan Suppi Freitas, 19 anos, caiu ferido por um dos disparos. Ele ainda foi socorrido por amigos, porém não resistiu aos ferimentos.

Leonardo era morador de Tramandaí e, segundo a Brigada Militar, estaria envolvido na briga iniciada durante os festejos. Até a tarde de ontem, a polícia ainda buscava pelos suspeitos de participação na confusão. Pelo menos um deles já estaria identificado.

Tiro amigo, uma das hipóteses

Não é descartada até mesmo a hipótese de que um amigo tenha disparado acidentalmente contra o jovem – na tentativa de acertar outra pessoa.

Segundo familiares, Leonardo trabalhava em uma funilaria local, não usava entorpecentes nem tinha qualquer envolvimento com a criminalidade.

– Era um menino alegre, sempre sorridente. Estava fazendo festa com os amigos – disse a irmã da vítima, que não quis se identificar.

Brigada já havia sido chamada

A suspeita da polícia é de que dois grupos de moradores estivessem envolvidos no confronto. A motivação, porém, ainda é apurada pela Delegacia de Tramandaí. Momentos antes do crime, a Brigada Militar já havia sido acionada até o local para atender a uma série de reclamações referentes a badernas.

CANOAS - Corpo em porta-malas no Guajuviras


O mau cheiro que vinha de um Cruze estacionado na Quadra J, Setor 2, do Bairro Guajuviras, em Canoas, desde a tarde de domingo se tornou insuportável na manhã de ontem. Só então eles acionaram a Brigada Militar, que logo constatou se tratar de um carro roubado. O veículo foi aberto e, no porta-malas, uma surpresa: havia um corpo.
Um homem vitimado por um tiro na cabeça foi colocado no porta-malas do veículo. De acordo com os investigadores da Delegacia de Homicídios de Canoas, não havia nada que identificasse a vítima no local. O corpo foi encaminhado ao DML para tentar a identificação pelas digitais.

O Cruze, com placas de Dois Irmãos, havia sido roubado no dia 2 de fevereiro, em Gravataí. Ontem, os policiais tentavam contato com o proprietário do veículo, que foi quem registrou o roubo, duas semanas atrás. A polícia ainda apura as circunstâncias e a possível motivação do crime.

POA - Homem executado na Zona Norte

Um homem foi executado com pelo menos 12 tiros no começo da manhã de ontem, em frente a sua casa, na Rua Chuí, Vila São Borja, Bairro Sarandi, Zona Norte de Porto Alegre. Guilherme Alves levou um tiro de espingarda calibre 12 na parte de trás da cabeça e outros disparos de pistola .380 pelo corpo, quando, provavelmente, já estava caído no chão.

Eram por volta das 5h30min quando três homens encapuzados e vestidos de preto teriam invadido a residência onde Guilherme estava com a namorada. De acordo com a polícia, os criminosos teriam anunciado que eram policiais. Não houve resistência e o rapaz foi puxado para a rua, onde acabaria executado.

Polícia avalia ser acerto de contas

O caso será investigado pela 3ª DHPP, que apura a relação deste com outros assassinatos ocorridos na mesma área desde novembro passado, quando Rosângela Maria Colares foi executada também com tiros de espingarda e pistola dentro de casa. Os crimes estariam ligados a um acerto de contas entre rivais na região.

Denúncias que possam ajudar a polícia a esclarecer os crimes na Vila São Borja podem ser feitas pelo 8608-9998.

GRAVATAÍ - Dono de bar é morto a tiros

A polícia ainda considera indefinidas as circunstâncias em que um comerciante foi morto com três tiros pelas costas por volta das 22h30min de segunda, no seu bar, na Avenida Marechal Rondon, Bairro Morada do Vale I, em Gravataí.

Segundo familiares, Arlindo Schmitz dos Santos, 53 anos, teria se negado a vender fiado para um homem que entrou no bar pedindo cigarros. Ele teria sido surpreendido depois de discutir com o suspeito e se virar de costas. Nada foi roubado do bar mantido por Arlindo há 12 anos.

De acordo com a Brigada Militar, o comerciante tinha antecedente por tráfico de drogas. Mas não há nenhum indício, por enquanto, que ligue a morte dele ao crime anterior. O caso será apurado pela Delegacia de Homicídios de Gravataí.
Postar um comentário