SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sexta-feira, 27 de março de 2015

ASSALTANTES INVADEM CASA, FAZEM REFÉNS E TROCAM TIROS COM A POLÍCIA

DIÁRIO DA MANHA, Passo Fundo, 25/03/2015


Assaltantes fazem refém e trocam tiros com a polícia


Autor: Sirlei Pazinato



Foto Sirlei Pazinato. Fato ocorreu na Vila Annes e adolescente foi libertada próximo ao município de Pontão

Uma família passou por momentos de terror durante um assalto na Vila Annes, em Passo Fundo, nesta quarta-feira (25). Durante a tarde, marido, mulher e um casal de filhos adolescentes estavam na residência, próximo a esquina das Ruas Tupinambás e Gal. Netto, quando quatro homens armados entraram na casa, provavelmente pulando um muro.

Os assaltantes, armados e encapuzados, renderam as vítimas e começaram a exigir dinheiro. No momento do assalto, o adolescente jogava pelo computador com um amigo. Este amigo estranhou quando o menino parou de jogar e de responder mensagens. Depois de passar pelo local e ouvir barulhos vindos da casa, o rapaz chamou a Brigada Militar. Uma guarnição com dois policiais foi até o local. Ao ouvir barulhos vindos do interior da casa, os policiais tentaram contato pelo interfone. Neste momento, os bandidos fizeram ameaças e, em seguida, deixaram o casal e o adolescente amarrados, colocaram a filha do casal, de 17 anos, no carro da família, um Audi/Q7, e iniciaram a fuga derrubando os portões da garagem e do pátio da residência e depois de fazer uma manobra na rua, fugiram em direção a Pontão.

Neste mesmo momento, indivíduos em outro veículo que, conforme uma testemunha, seria uma VW/Parati de cor escura, que davam apoio aos assaltantes, passaram em frente a casa efetuando uma grande quantia de disparos de arma de fogo, possivelmente pistola, em direção aos policiais, que revidaram. Porém, com o cuidado de atirar apenas na parte inferior do carro em que havia a refém, pois o pai dela saiu da casa gritando para que não atirassem em sua filha.

Os policiais solicitaram apoio e teve início uma perseguição que terminou já durante a noite quando a adolescente telefonou informando que havia sido deixada às margens da ERS 324, já nas proximidades da cidade de Pontão. Policiais foram até o local e resgataram a jovem que chegou em casa sob uma salva de palmas e abraços dos familiares emocionados.

Os assaltantes também deixaram o carro da família no local. De acordo com informações preliminares, eles conseguiram roubar dinheiro e joias da residência, porém as quantias não foram informadas. A Rua foi isolada e peritos do Instituto Geral de Perícias estiveram colhendo informações, sendo que diversas marcas de tiros e capsulas deflagradas foram encontradas na casa e na Rua. Inclusive, veículos que estavam estacionados foram atingidos por disparos. A Polícia Civil também compareceu e agora investiga o caso. Buscas aos assaltantes seguem ocorrendo na região.
Postar um comentário