SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sexta-feira, 27 de março de 2015

TRAFICANTES USAVAM CÃMARAS PARA MONITORAR CHEGADA DA POLÍCIA

DIÁRIO DA MANHÃ Passo Fundo, 26/03/2015

Autor: Sirlei Pazinato



Foto: Sirlei Pazinato / DM Passo Fundo




Operação da 1ª DP contou com o apoio da Defrec e do BOE e resultu em duas prisões na Vila Santa Maria

Após investigações, no início da tarde de ontem (26), policiais da 1ª Delegacia de Polícia Civil, sob o comando do delegado Diogo Ferreira, com o apoio da Defrec e do 3º BOE da Brigada Militar, desencadearam uma operação de combate ao tráfico de drogas na Vila Santa Maria. Com mandado de busca e apreensão, os policiais chegaram a uma casa, localizada na Rua Xingu, conhecida por ser ponto de venda de drogas. Ao perceber a chegada dos policiais, dois indivíduos empreenderam fuga. Um deles, um rapaz de 20 anos, foi preso em seguida. Com ele foi apreendido um revólver de calibre 32 municiado. O segundo homem conseguiu fugir.

Em revista, na casa os policiais encontraram mais um revólver, de calibre 38, dois tabletes pequenos de maconha, um rádio comunicador, além de aparelhoes eletrônicos sem procedência e um notebook furtado do Ciep há alguns anos. Porém, o que mais chama a atenção é que o local contava com um sofisticado sistema de monitoramente, com quatro câmeras. Conforme o delegado, as câmeras, que foram apreendidas, eram provavelmente usadas para monitorar possíveis abordagens da polícia. Um segundo indivíduo de uma casa próxima também foi preso por posse ilegal de uma espingarda de calibre 32 adulterada.

Após serem ouvidos na 1ª DP, os presos, foi recolhidos ao Presídio Regional de Passo Fundo. As investigações sobre o caso prosseguem.
Postar um comentário