SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sábado, 4 de abril de 2015

SETE AGÊNCIAS BANCÁRIAS SÃO ATACADAS EM 30 HORAS NO RS

ZERO HORA 04/04/2015 | 09h18


Sete agências bancárias são atacadas em 30 horas no Rio Grande do Sul. Na madrugada de sábado, mais dois bancos foram invadidos na Grande Porto Alegre



Foto: Adriana Franciosi / Agencia RBS


Pelo menos sete agências bancárias foram atacadas entre a noite de quinta e a madrugada deste sábado no Rio Grande do Sul. Os arrombamentos ocorreram em Porto Alegre, Alvorada, Vista Alegre, Minas do Leão, Barra do Ribeiro, Vila Flores e Seberi.

Cinco desses casos ocorreram em um intervalo de apenas 15 horas — foi a terceira vez em sete anos que o Estado registrou essa quantidade de ataques a banco em um único dia.

Os arrombamentos mais recentes ocorreram em Porto Alegre e Alvorada. Na Capital, segundo informações da Rádio Gaúcha, dois homens foram presos no começo da madrugada de sábado após invadirem uma agência do Banco do Brasil.


Conforme a Brigada Militar (BM), um grupo de quatro a cinco criminosos entrou no banco, localizado na Avenida Salgado Filho, por um buraco no forro da sala onde fica o cofre da agência. Os bandidos chegaram até o local por um estabelecimento que fica no mesmo prédio do banco. Nenhum valor foi levado.

Em Alvorada, assaltantes invadiram uma agência do Bradesco localizada na Avenida Getúlio Vargas, por volta das 4h, mas o cofre ou os caixas eletrônicos não foram danificados.

O ataque mais violento aconteceu em Minas do Leão, onde um grupo formado por três a quatro criminosos explodiu dois caixas eletrônicos de uma agência do Banrisul na Avenida Getúlio Vargas. O ataque ocorreu por volta das 3h40min de sexta-feira e deixou a fachada da agência totalmente destruída.

Segundo testemunhas, os bandidos chegaram e fugiram em um Focus prata depois de usar quatro bananas de dinamite para danificar terminais de autoatendimento e levar dois malotes de dinheiro.


Em Vista Alegre, no noroeste gaúcho, assaltantes arrombaram uma agência do Banrisul no começo da tarde de sexta. Um deles foi preso e um veículo foi apreendido. A polícia faz buscas aos outros foragidos. A quantia roubada não foi divulgada.


Em Barra do Ribeiro, os criminosos usaram um maçarico para arrombar uma agência do Banco do Brasil. As informações são da Rádio Gaúcha.


Outro ataque aconteceu a uma agência do Banco do Brasil em Seberi, onde pelo menos um caixa eletrônico foi aberto com maçarico. A Brigada Militar faz buscas aos criminosos na região e aguarda a chegada da perícia para saber mais detalhes sobre a ação. Ainda não se sabe o número de pessoas envolvidas no ataque nem se o grupo conseguiu levar o dinheiro da agência.

O primeiro dos cinco ataques ocorreu por volta de 22h de quinta em uma agência do Banrisul em Vila Flores. Segundo informações da Brigada Militar, um grupo de criminosos arrombou dois caixas eletrônicos com maçaricos e fugiu antes da chegada dos policiais. Ainda não há informações sobre a quantidade de dinheiro levada pelo grupo.

Além dos ataques a agências, na madrugada deste sábado cerca de 10 ladrões renderam funcionários do mercado Maxxi Atacado, em Viamão, e usaram um maçarico para abrir um caixa eletrônico.
Postar um comentário